Entrevista com nutricionista Michele Barros

Dicas de alimentação na JMJ

Em grandes eventos, não podemos nos descuidar da alimentação. Esse é um fato extremamente importante, mas, às vezes, não tem a atenção devida por parte dos participantes. Para a Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá no Brasil, na cidade do Rio de Janeiro (RJ), são esperados cerca de 2 milhões de pessoas em julho.

Esse aglomerado de gente vai precisar alimentar-se para viver bem os dias da Jornada. Apesar de o encontro acontecer durante o inverno, no Brasil, será numa cidade, na qual a temperatura é elevada quase o ano todo.

O #TamuJunto entrevistou a nutricionista Michele Araújo para dar muitas dicas importantes de como alimentar-se bem nos dias da JMJ.

Frutas e sucos são muito bem vindos na JMJ

Frutas e sucos são muito bem-vindos na JMJ

Às portas da JMJ, no Rio de Janeiro, que dica você dá para o peregrino?

Primeira coisa é beber bastante água. Por ser uma cidade quente, o peregrino precisa hidratar-se muito. A segunda coisa é alimentar-se bem.  Entendendo que, num evento como a JMJ, você pode ter dificuldades para se alimentar da forma ideal, por isso é bom levar, em sua mochila, frutas como maçã, pera, banana. Atenção: deve-se comprar somente a quantidade que for consumir para não estragar.

Barrinhas de cereais são muito bem-vindas, de preferência, as barras com frutas; também biscoitos integrais e os de água e sal. Um pacotinho de biscoito tem caloria o bastante para aguentar uma caminhada ou para você suportar bastante tempo em pé. Nesses alimentos, você encontra carboidratos, lipídios, potreínas e as fibras de que precisa.

Quando não há essa possibilidade de consumir as barrinhas de cereais, que tipo de alimentação é indicado? O que escolher na hora do almoço?

Se você não tem a barra, escolha comer uma fruta ou tomar um suco. O almoço não deve ser substituído por fruta nem por lanche. Arroz, feijão, uma porção de carne e salada é a melhor escolha. Mas se tudo estiver muito cheio e muito corrido, a opção é comer um  pão, uma porção de carne com uma rodela de tomate e uma folha de alface para suprir o almoço.

A barrinha de cereais entra no lugar do almoço?

Barrinhas de cereais são apenas um complemento da alimentação. Ela é indicada nos intervalos entre café da manhã e almoço. Ela nunca será a opção para substituir uma refeição como o almoço.

Durante a vigília, mais de dois milhões de jovens vão precisar se alimentar durante a noite. O que você indica?

Como a maioria é jovem, e levando em consideração que eles sejam saudáveis, com níveis de colesterol controlados, não há problema se, nesses dias, eles optarem por uma alimentação diferenciada. Um lanchinho leve, durante a vigília, como sucos, torradas ou frutas também são indicados, porque à noite o ideal é não comer muito. Dê preferência às coisas mais leves.

Como se preparar para comer a feijoada do RJ?

Não há problema algum em comê-la, mas é preciso estar atento à quantidade. O Rio de Janeiro é uma cidade quente, então, feijoada e calor, naturalmente resulta em moleza, o que pode causar indisposição. Se for comer, coma pouco só para matar a vontade. Aprecie com moderação.

Qual a quantidade ideal que a pessoa tem de consumir num dia da JMJ?

O ideal é beber 2 litros de água por dia. Como esse evento é atípico, com muitas atividades e muita caminhada, a indicação são 3 litros de água, ou seja, de 8 a 10 copos por dia.

Que conselho você dá aos estrangeiros que nunca vieram ao Brasil? Que cuidados eles precisam ter?

Primeira coisa: o protetor solar é importante para todos. Andar sempre com a garrafinha de água é fundamental, e, por fim, optar por alimentos saudáveis. Por exemplo: a feijoada, para quem nunca comeu, pode ser uma comida forte, o que pode ocasionar indisposição. Para o estrangeiro, a indicação é uma alimentação leve e saudável.

Qualquer suco é indicado para hidratação?

O ideal é o suco natural, que hidrata melhor do que o de caixinha. Mas se não tiver, pode tomar o de caixinha que também hidrata.

 

 

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.