Paróquia de Santana - RJ

Último dia de catequeses na JMJ

Luana Oliveira
Enviada especial ao Rio de Janeiro

Dom Rafael Cifuentes ministra catequese na paróquia de Santana

No último dia de catequeses, ministradas durante a Jornada Mundial da Juventude, peregrinos lotaram as diversas igrejas nas quais esses ensinamentos religiosos estão acontecendo simultaneamente. A Paróquia de Santana, no centro do Rio de Janeiro, onde hoje é comemorada a festa de Sant’Ana, avó de Jesus Cristo, também ofereceu esse momento de fé e união aos jovens peregrinos.

Jovens participam de catequese com

Jovens participam de catequese com Dom Rafael Cifuentes, na Paróquia de Santana, RJ. Foto: Luana Oliveira/ CN

Cerca de 500 jovens participaram da catequese ministrada pelo bispo emérito da Diocese de Nova Friburgo (RJ), Dom Rafael Cifuentes.

O prelado, no início da sua reflexão, exortou os participantes com as seguintes palavras: “A juventude não é uma época na vida, mas um estado de alma”. E continuou: “A juventude precisa viver na alegria, essa é uma característica de vocês. Não se deixem levar pela amargura! Muitos de vocês estão numa carência tão grande, que vão buscar se satisfazer nas drogas ou nas bebidas”.

O bispo emérito contagiou os jovens com suas exortações ao narrar algumas marcantes histórias dos santos da Igreja Católica. Ele citou, por exemplo, Santo Agostinho: “Senhor, nos criastes para ti e nosso coração está inquieto por ti”, e o beato João Paulo II: “Jovens, não tenham medo, mas sejam perseverantes na fé. A fé se fortalece quando se comunica”. “Quem não experimentou o amor de Deus, não experimentou o amor verdadeiro”, enfatizou.

O prelado os estimulou a terem coragem de anunciar o amor de Deus: “Não sejam covardes! Saiam e testemunhem o nome de Jesus. Não esperem por seu pároco, comecem vocês a fazer a diferença onde vivem, seja em sua casa ou na faculdade. Perseverem!”. Ao final da sua reflexão, o bispo falou da importância de termos Nossa Senhora como modelo e deixou estas palavras de incentivo: “Vê-se e sente-se que Maria está presente!”.

A jovem Alkayany Albuquerque, advogada de Porto Alegre (RS), leva consigo a lição de que devemos tornar grandes as coisas pequenas do dia a dia. “Levo da catequese com Dom Rafael que nossa missão é tornar grande as coisas pequenas de cada dia, ou seja, ser uma cristã santa é algo que devo realizar no ordinário, na minha vida como estudante. Agora, recém-formada, com uma profissional, ofereço meus horários de estudo e de trabalho a Deus, como uma oração. Assim, com coragem e com meu exemplo, quero anunciar Jesus a todos e em todos os lugares”.

:. Confira todas as notícias da JMJ

 

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo