Esquema especial

Sistema de transporte do Rio terá reforços durante a JMJ

Ônibus, metrô e aeroportos terão serviços reforçados para atender os milhões de peregrinos que irão à cidade do Rio de Janeiro em julho

André Alves
Da redação

Sistema de transporte do Rio receberá reforços durante a JMJ

O kit peregrino disponibilizará o mapa da cidade para facilitar locomoção dos peregrinos. Estandes da RioTur também servirão de pontos de informação na cidade  (FOTO: Divulgação)

Segundo a Prefeitura do Rio de Janeiro, todo o sistema de transportes da cidade trabalhará com frota reforçada durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) Rio2013. O sistema de ônibus terá horários excepcionais, no caso dos Atos Centrais que acontecem na praia de Copacabana e em Guaratiba. Haverá transporte disponível 24h.

Os peregrinos receberão o vale transporte  para uso nos veículos credenciados pela Prefeitura do Rio. Os bilhetes serão disponibilizados no kit peregrino. Quem não fizer a inscrição para a JMJ não poderá, obviamente, usufruir deste recurso, tendo que pagar a tarifa de ônibus válida na cidade carioca que custa o valor de R$ 2,75.

De acordo com a Prefeitura, não será concedida licença para o transporte dos peregrinos em vans, somente em ônibus ou micro-ônibus licenciados, conforme legislação vigente no Rio.

Leia também
.:  Logística da alimentação na JMJ
.: Esquema de segurança para a JMJ

Segundo o Departamento de Transportes Rodoviários do Rio de Janeiro (Detro), quem mora nas cidades vizinhas ao Rio terá à disposição ônibus extras para facilitar o acesso aos pontos da Jornada. A instituição não recomenda que os peregrinos do estado  contratem ônibus fretados, e orienta que utilizem as linhas regulares para desafogar o trânsito.

Segundo o Detro, no estado, há 9.411 ônibus em 1150 linhas regulares rodoviárias e urbanas, além de 2.867 ônibus de fretamento e 112 linhas com 578 vans, das quais 458 vans são na Região Metropolitana com 50 linhas. Há ônibus extras que correspondem a 10% da frota.

Do Brasil para o Rio – Ônibus fretados

De acordo com a Prefeitura do Rio, os ônibus fretados por peregrinos que irão à JMJ não poderão entrar nem circular na cidade durante o período de 19 a 30 de julho. Esses veículos deverão se cadastrar no site da JMJ e aguardar as orientações.

Do mundo para o Rio – Aeroportos

Quanto ao funcionamento dos aeroportos, a Infraero divulgou que os órgãos competentes já elaboraram um Plano de Contingência com base em experiências de grandes eventos.

“No Plano de Contingência, está previsto um fluxo operacional para a chegada dos diferentes grupos: cardeais, arcebispos e bispos, e peregrinos. Esse fluxo especial envolve os diversos órgãos que atuam no aeroporto. Há também um contingente extra de empregados da Infraero que vai atuar especificamente neste evento, nas áreas de operações, segurança, manutenção e atendimento”, informou a Infraero por meio de comunicado à imprensa.

O organismo também ressaltou que entre os dias 19 e 31/7, a exemplo do que ocorreu durante a Copa das Confederações, o Galeão passará de 208 para 271 empregados nas áreas de operações, manutenção e orientação ao passageiro, um aumento de 30,2%. Já no Santos Dumont, o efetivo passará de 35 para 44 (aumento de 25,7%).

Além disso, 25 atendentes irão se revezar no balcão de informações para garantir, segundo a Infraero, orientação 24 horas aos passageiros e usuários, que terão atendimento em português, em inglês e em espanhol.

No setor C do terminal 1, no período de 13 a 30 de julho, a Infraero afirmou que montará uma fun zone (área de diversão, em tradução livre): uma área de 700 m² com um rol de facilidades (alimentação, assentos, ar condicionado, totens de autoatendimento, wifi, entretenimento, etc) destinada ao acolhimento dos peregrinos, tanto na chegada como na partida.

Também de acordo com a Infraero, a RioTur e a JMJ vão disponibilizar equipes para dar apoio aos peregrinos. No total, a JMJ se comprometeu em disponibilizar 333 voluntários, sendo 259 para o Galeão e 74 para o Santos Dumont.

Dicas práticas aos peregrinos

Tendo em vista o grande número de pessoas que não têm familiaridade com o sistema de transporte carioca, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura do Rio propôs algumas dicas práticas para a precaução dos peregrinos.

“Priorizem metrô e ônibus e evitem vans que não tenham identificação da Prefeitura. Fiquem atentos aos itinerários, que podem ser acessados no site www.vadeonibus.com.br. No site do Metrô, vejam quais linhas servem aos Atos Centrais. As estações de metrô estarão sinalizadas, assim como os ônibus. Os itinerários e horários também podem ser acessados via internet. A Prefeitura disponibiliza ainda um serviço de telefone 1746 que pode ajudar os visitantes”.

Outra dica da Assessoria é o uso do sistema de BRT, a principal conexão entre a região oeste do Rio de Janeiro e alguns bairros da zona norte, próximos à Avenida Brasil.

Metrô Rio

Procurada por nossa equipe, a empresa responsável pelo metrô do Rio de Janeiro não divulgou informações sobre seu funcionamento durante a Jornada. No entanto, a Assessoria de Imprensa da instituição garantiu que o metrô está se preparando para atender os peregrinos.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo