Catedral Metropolitana do RJ

Religiosos dão testemunho do encontro com Papa Francisco

Santo Padre celebrou a Santa Missa para religiosos na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro

Jéssica Marçal
Enviada especial ao Rio de Janeiro

Religiosos dão testemunho do encontro com Papa Francisco

Dom José Mário Angonese, após Missa com o Papa/Foto: Jéssica Marçal-CN

O Papa Francisco encontrou-se neste sábado, 27, com bispos, padres e religiosos na Catedral Metropolitana do Rio de Janeiro. Quem participou da celebração destacou a profundidade das palavras do Santo Padre, que voltou a enfatizar cultura do encontro e a necessidade de estar próximo dos mais necessitados.

Acesse
.: Papa encoraja bispos e padres a promoverem a cultura do encontro

O bispo auxiliar de Curitiba, Dom José Mario Angonese, teve a oportunidade de estar bem perto do Papa, o que para ele foi uma grande satisfação. “Isso alimenta  o coração, a vida,  a alma e a motivação de continuar a trabalhar pela Igreja e pelo Reino de Deus”.

Da homilia do Papa, Dom José destacou a exortação à evangelização e à cultura do encontro. “O Reino de Deus se constrói basicamente a partir disso. É uma cultura que precisa ser construída e é um grande desafio”.

Religiosos dão testemunho do encontro com Papa Francisco

Dom Caetano Ferrari destacou que o Papa Francisco deixou uma bela mensagem/Foto: Jéssica Marçal-CN

O bispo de Bauru, Dom Caetano Ferrari, considerou a Missa com o Papa Francisco um momento de muita alegria e emoção. “Muito bonitas as palavras que ele deixou para nós sobre os três pontos: lembrar-se sempre da vocação e também o envio missionário e o ir contra a cultura do descartável”.

A experiência também foi marcante para os seminaristas Iago Carvalho de Souza e Daniel dos Santos Barbosa. Ambos vieram da arquidiocese de Natal (RN), do Seminário de São Pedro. “Uma felicidade imensa em participar da Santa Missa com o Papa. (…) Ele, com aquele seu jeito carismático e humilde de ser, conquista-nos com sua palavra”, disse Iago.

Religiosos dão testemunho do encontro com Papa Francisco

Iago (esq.) e Daniel (dir.), ambos seminaristas da arquidiocese de Natal/Foto: Jéssica Marçal-CN

Para Daniel, o Santo Padre os ensina a caminhar, como se pegasse em suas mãos e lhes mostrasse o caminho a seguir. “Sua presença é renovadora e fortalece e edifica a nossa fé, de modo particular a nossa vocação como seminaristas, rumo ao sacerdócio, que não é nosso, mas sim de Jesus Cristo”.

Acolhendo o Santo Padre, o pároco da catedral, Monsenhor Aroldo Ribeiro, também deu seu testemunho sobre a Missa com Francisco. “É uma alegria muito grande. O Papa é uma simpatia de pessoa. É um líder que, de forma amável e delicada, sabe o que está dizendo e para quem está dizendo”.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo