Medidas

Prefeitura do RJ vai decretar feriado em razão da JMJ

Além dos feriados, o prefeito Eduardo Paes anunciou outras medidas para beneficiar os trabalhos durante a Jornada

Da redação, com colaboração de Leonardo Souza

A Prefeitura do Rio de Janeiro anunciou nesta quinta-feira, 16, algumas medidas que a cidade irá adotar durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ) na cidade. Entre as ações está a proposta para instituir feriado durante a visita do Papa Francisco ao Brasil.

As novidades foram apresentadas pelo prefeito Eduardo Paes e o trânsito ganhou atenção especial: durante os dias 19 e 20 de julho, os ônibus que vão transportar peregrinos não poderão circular dentro da cidade. Antes de chegar à capital fluminense eles terão que passar por pontos localizados em municípios do interior como Itaipava e Casimiro de Abreu, e na Canção Nova, em Cachoeira Paulista.

“Nos pontos em que esses ônibus fretados vão ter de parar, vão ser adesivados, identificados e vão ter um deslocamento para o município do Rio de Janeiro, devidamente controlado e não vão poder acessar a cidade em determinados horários, sob pena de termos aqui um verdadeiro caos”, disse o prefeito do Rio, Eduardo Paes.

Ainda como forma de preparar a cidade para receber a Jornada, a prefeitura deve decretar feriado em pelo menos quatro dias no Rio de Janeiro. “Nos dias 25 e 26, quinta e sexta-feira, nós vamos decretar feriado integral, dada a presença do Papa na praia de Copacabana nestes dois dias. E na segunda-feira, dia 29 de julho, a gente pretende fazer o feriado até meio-dia”.

Os bairros de Copacabana e Guaratiba que serão palcos de encontros do Papa com a Juventude ganharão esquemas especiais para organizar a chegada e saída do público. “A operação de Copacabana é uma operação que, de certa forma, a prefeitura tem o costume e o hábito de fazer e que a população conhece. No caso de Guaratiba, não! É a primeira vez que se faz um encontro dessa dimensão no local. Os peregrinos vão caminhar até o local do evento, em média 13 km, o que comparado às várias jornadas mundiais da juventude realizadas pelo mundo, é um trajeto relativamente curto”, explicou Paes.

Durante o evento a cidade se vestirá de JMJ. Os principais pontos turísticos serão sinalizados e a cidade ganhará mais de 600 placas de identificação. A Jornada Mundial da Juventude acontece entre os dias 23 e 28 de julho, na cidade do Rio de Janeiro.

Comentários

comentários

↑ topo