Encontro com líderes do CELAM

Papa convoca Igreja latinoamericana à "Conversão pastoral"

Encontro com os dirigentes do CELAM aconteceu neste domingo, 28

André Alves
Da redação

Papa e os dirigentes do CELAM

“Estou convencido de que este é o tempo da Misericórdia de Deus para a Igreja”, afirmou o Santo Padre. (FOTO: Canção Nova)

O Santo Padre encontrou-se, na tarde deste domingo, 28, com os membros do Comitê de Coordenação do CELAM (Conselho Episcopal LatinoAmericano). Em seu discurso, o Pontífice falou sobre a ação pastoral da Igreja na América Latina e apontou caminhos para a sua concretização. Segundo o Papa, este é o tempo da misericórdia de Deus para a Igreja e esta precisa exercer também a “pastoral da misericórdia”.

:: Veja todas as fotos da JMJ

O Documento de Aparecida foi o norte principal das palavras do Pontífice. Ao centro deste documento está o discipulado e a missionariedade eclesial. Durante o discurso, o Papa Francisco destacou a necessidade de uma “renovação interna da Igreja”, ou seja, uma “conversão pastoral” .

“Esta conversão implica acreditar na Boa Nova, acreditar em Jesus Cristo, portador do Reino de Deus, em sua irrupção no mundo, em sua presença vitoriosa sobre o mal; acreditar na assistência e guia do Espírito Santo; acreditar na Igreja, Corpo de Cristo e prolongamento do dinamismo da Encarnação”.

O Papa também destacou “as tentações contra os discípulos missionários”. De acordo com o Santo Padre, as principais são: a ideologização da mensagem evangélica (o reducionismo socializante, a ideologização psicológica, a proposta gnóstica, a proposta pelagiana), o funcionalismo e o clericalismo.

“Poderíamos continuar descrevendo outras tentações contra o discipulado missionário, mas acho que estas são as mais importantes e com maior força neste momento da América Latina e do Caribe”, disse o Pontífice.

Em seguida, o Papa Francisco se deteve em apresentar aos bispos algumas orientações práticas para a Igreja da América Latina.

Segundo o Papa, a grande tentação da Igreja é querer tornar-se “centro”, funcionalizar-se e, logo, tornar-se uma ONG. “De ‘instituição’ se transforma em ‘obra’. Deixa de ser esposa, para acabar sendo administradora; de servidora se transforma em ‘controladora’. Aparecida quer uma Igreja esposa, mãe, servidora, facilitadora da fé e não controladora da fé”.

As orientações também foram dirigidas especialmente aos bispos que, para Francisco, devem ser pastores, próximos das pessoas. “Homens que amem a pobreza, querem a pobreza interior como liberdade diante do Senhor, querem a pobreza exterior como simplicidade e austeridade de vida. Homens que não tenham “psicologia de príncipes”. Homens que não sejam ambiciosos e que sejam esposos de uma Igreja sem viver na expectativa de outra”.

Após o encontro com o Comitê de Coordenação do CELAM (Conselho Episcopal LatinoAmericano), o Santo Padre dirigiu-se para um momento especial com os voluntários da Jornada Mundial da Juventude.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo