"Quero ser padre", disse a criança

Natan, menino que emocionou o Papa, fala à Canção Nova

O Pontífice seguia em direção ao Palácio São Joaquim, sede da arquidiocese do Rio, quando Natan se aproximou do papamóvel para abraçá-lo.

Elcka Torres
Enviada especial ao Rio de Janeiro

“Inesquecível!”. É com esta palavra que o garoto Natan de Melo Brito Pires, 9 anos, definiu o seu encontro com o Papa Francisco na manhã de sexta-feira , 26, no bairro da Glória, na capital carioca. Natan chorou muito após ser abraçado pelo Pontífice e revelou que seu desejo é se tornar padre.

Em entrevista ao cancaonova.com, o garoto descreveu a emoção do momento: “Eu falei para ele que quero me tornar sacerdote, ministro de Cristo, e o Papa disse que irá rezar por mim, e ainda pediu que eu rezasse por ele. Quando acabei de falar com ele, minhas pernas estavam bambas. Eu chorei muito, quer dizer, não só eu, o segurança no lado também. Mas quem não choraria?”

Natan veio juntamente com a sua mãe, Ana Paula Brito e seu padastro, Agnor Carlos de Oliveira, da cidade de Cabo Frio (RJ) para ver o Papa Francisco.

“Estávamos fazendo o trajeto para Copacabana, queríamos ver o Papa mais próximo, mas quando passamos pelo bairro da Glória percebemos que o papa estava ali, então, imediatamente, estacionamos, nos aproximamos da grade e esperamos sua passagem. Quando Natan o viu, foi ao seu encontro, os seguranças tentaram impedi-lo, mas o Papa já estava chamando-o. Foi muita emoção, naquela hora parecia que uma extensão de mim era ele. Nunca imaginava que o Natan iria”, relatou Ana.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo