Último dia da visita do Papa ao Brasil

"Não se esqueçam do que viveram na jornada", pede Papa aos voluntários

Papa Francisco se encontra com jovens voluntários da JMJ Rio2013 antes de deixar o Brasil

Kelen Galvan
Da Redação

papa_voluntarios2Antes de regressar a Roma, o Papa Francisco encontrou-se, no final da tarde deste domingo, 28, com os voluntários da Jornada Mundial da Juventude (JMJ) para agradecê-los “pelo trabalho e dedicação” com que acompanharam, ajudaram e serviram aos milhares de jovens peregrinos presentes no Rio de Janeiro nesta semana.


Acesse

:: Na íntegra, o discurso do Papa aos voluntários
:: Veja todas as fotos da JMJ

“Com os sorrisos de cada um de vocês, com a gentileza, com a disponibilidade ao serviço, vocês provaram que ‘há maior alegria em dar do que em receber'”, destacou o Pontífice.

Francisco disse que o trabalho realizado pelos jovens voluntários lembrou-o da missão de São João Batista, que preparou o caminho para Jesus. “Cada um, a seu modo, foi um instrumento para que milhares de jovens tivessem o ‘caminho preparado’ para encontrar Jesus. E esse é o serviço mais bonito que podemos realizar como discípulos missionários: preparar o caminho para que todos possam conhecer, encontrar e amar o Senhor”.

O Santo Padre pediu ainda aos jovens que sejam sempre generosos com Deus e com os demais, pois “não se perde nada”, pelo contrário, é grande “a riqueza da vida que se recebe”.

Francisco explicou que Deus chama para escolhas definitivas e tem um projeto para cada um. “Descobri-lo, responder à própria vocação significa caminhar na direção da realização jubilosa de si mesmo”. O Pontífice explicou também que Deus chama todos à santidade, mas tem “um caminho para cada um”. Alguns são chamados a se santificar no sacramento do matrimônio e outros no sacerdócio.

papa_voluntarios

“Queridos jovens, talvez alguns de vocês ainda não vejam claramente o que fazer da sua vida. Peça isso ao Senhor; Ele lhe fará entender o caminho”, orientou o Papa.

E concluiu pedindo aos jovens que não se esqueçam de nada do que viveram nestes dias de jornada e pediu as suas orações. “Podem contar sempre com minhas orações, e sei que posso contar com as orações de vocês”.

Após o discurso, o Papa convidou os jovens a rezarem uma Ave-Maria e concedeu a todos sua bênção apostólica. Em seguida, pediu aos jovens uma última coisa: “rezem por mim”.

 :: Veja FOTOS da cobertura da JMJ Rio 2013

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo