Na Quinta da Boa Vista

Jovens lotam confessionários da JMJ em preparação para a Via-sacra

Devido ao número de penitentes o horário da confissões foi adiantado

Daniel Machado
Enviado especial ao Rio de Janeiro

Nesta sexta-feira, 26, pela manhã, centenas de peregrinos fizeram fila nos confessionários, montados na Feira Vocacional da Jornada Mundial da Juventude, no Parque da Quinta da Boa Vista, em busca do sacramento da confissão. Na ocasião, o Papa Francisco atendeu a cinco jovens em confissão.

O Sumo Pontífice chegou por volta das 9h30 ao local, saudou alguns religiosos, peregrinos e voluntários e ouviu a confissão de três homens e duas mulheres, que haviam sido pré-selecionados anteriormente. Três brasileiros, uma italiana e um venezuelano foram contemplados pelo sistema de inscrição, mas nomes não foram divulgados, com antecedência, para preservar a identidade deles.

:: Papa Francisco atende cinco jovens em confissão

Jovens lotam confessionários da JMJ em preparação para a Via Sacra

Jovens lotam confessionários da JMJ em preparação para a Via-sacra

Após a saída do Santo Padre, vários sacerdotes se colocaram à disposição para atender os peregrinos em confissão. Segundo os voluntários responsáveis pelas atividades no local, o número de penitentes aumentou, nesta manhã, devido ao bom tempo e à presença do Sucessor de Pedro. As confissões, que geralmente começam às 13h, tiveram de ser adiantadas em função do expressivo número de peregrinos. Hoje, elas tiveram início às 9h45 graças à boa vontade dos padres que passavam pelo local e se prontificaram a atender as pessoas.

Jovens da Amazônia presentes na Jornada Mundial da Juventude

Jovens do Amazonas presentes na Jornada Mundial da Juventude

“Eu vim me confessar, porque quero participar da Via-sacra com o Santo Padre. É importante estarmos bem com Deus para um encontro como o de hoje”, enfatizou Maria Letícia, que veio do Amazonas para participar, pela primeira vez, da JMJ.

“Hoje [sexta-feira], é o dia da Paixão do Senhor, dia para fazermos penitência e procurarmos a reconciliação com Deus. “Também quero estar bem preparado para a Via-sacra com o Papa Francisco”, afirmou Marcos Jefferson, também do Amazonas.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo