Juventude ansiosa para JMJ

Jovem do Vale Paraíba organiza excursão para Vigília com o Papa

Alessandra Borges,
Da redação

Católicos de todo o Brasil viverão na próxima semana um momento histórico com a realização da Jornada Mundial da Juventude e a presença do 1º Papa latino americano. Partindo deste princípio muitos jovens estarão de malas prontas para vivem dias de muita espiritualidade, oração e alegria no Rio de Janeiro.

Muitos jovens não poderão participar da jornada todos os dias, mas tem o desejo de viver este momento único, como é o caso de um grupo de jovens das cidades de Guaratinguetá, Cachoeira Paulista e Lorena, localizadas no Vale do Paraíba a 257 km do Rio de Janeiro, que organizaram uma excursão para participar da vigília com o Papa Francisco e a missa de envio.

Convivência com os colombianos que estão na casa do pessoal do grupo Exército de Maria / Foto: Arquivo Pessoal

Convivência com os colombianos que estão na casa do grupo Exército de Maria / Foto: Arquivo Pessoal

Segundo o organizador do grupo, José Carlos da Silva Junior, 24 anos, aproximadamente 100 pessoas irão participar da excursão. O grupo sairá em direção ao Campus Fidei, em Guaratiba -RJ, por volta da meia-noite, na madrugada do sábado, onde passará pelas cidades para buscar estes jovens.

“Como não poderia ser voluntário nem passar a semana da JMJ no Rio, pois trabalho, decidi organizar pelo menos um ônibus para poder ir com outras pessoas na mesma situação que eu, na vigília e na missa de encerramento”, comentou o jovem.

José Carlos juntamente com outros jovens que irão participar deste momento oracional e de vigília com o Papa Francisco estão ansiosos para embarcar nesta aventura pela fé, pois o grupo passará a madrugada viajando e depois já em Guaratiba iniciarão a peregrinação a pé até o local da vigília.

 “Estamos animados, ainda mais agora vendo toda movimentação da Semana Missionária, e ao mesmo tempo nos preparando para uma aventura. É verdade que será bem cansativo, mas acredito ser muito importante nos reunirmos para celebrarmos nossa fé, adorarmos Jesus, e orarmos juntos pelo nosso mundo, pelos irmãos que não conhecem a Cristo, e ao mesmo tempo deixar Jesus falar ao nosso coração, para sabermos qual a missão que Ele dará a cada um de nós depois dessa Jornada, como disse certa vez o Papa Francisco. Relaciono essa peregrinação como às grandes peregrinações do povo Judeu para as festas em Jerusalém, ou quando precisaram fugir do Egito e ficaram um tempo no deserto. Tenho certeza que assim como foi para eles, será um momento rico da manifestação da face de Deus. E a graça maior é que dessa vez será no Brasil, na nossa terra”, testemunhou.

Jovens colombianos são acolhidos na casa de José Carlos durante a Semana Missionária / Foto: Arquivo Pessoal

Jovens colombianos são acolhidos na casa de José Carlos durante a Semana Missionária / Foto: Arquivo Pessoal

O gesto deste jovem de reunir um grupo para participar da jornada e viver este momento ao lado de outros jovens, já teve início durante a Semana Missionária, pois ele e sua família acolheram dois jovens colombianos que escolheram viver este período de pré-jornada na Diocese de Lorena – SP. José Carlos ainda destaca que tem sido uma experiência muito rica para sua família poder acolher estes peregrinos, além de ser uma oportunidade para conhecer outra cultura e outros hábitos.

“Ganhamos dois amigos e podemos viver o evangelho, acolhendo o peregrino estrangeiro, partilhando com ele aquilo que temos, e em troca, recebemos alegria, a vida fraterna. É verdade que no começo estávamos receosos de como seria para nos comunicar, ou acolher duas pessoas que não conhecemos, mas depois tudo isso caiu e vemos como podemos ser mais abertos aos irmãos, mais sorridentes, ou simplesmente, aplicarmos um pouco mais o evangelho na nossa vida. O padre da nossa paróquia disse que seria um novo pentecostes, e tem sido realmente. Pena que já esta acabando”, disse o jovem.

 

 

 

 

 

 

 

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo