Recorde na história da cidade

Jornada Mundial da Juventude é o maior evento da história do Rio

Números não foram divulgados, mas prefeito garante “é o maior evento da história da cidade”

Por Daniel Machado
Enviado especial ao Rio de Janeiro

“A Jornada Mundial da Juventude já é o maior evento da história do Rio de Janeiro”, informou o prefeito da cidade, Eduardo Paes, durante coletiva neste sábado, 27. Segundo o prefeito, a cidade jamais sediou algo parecido com a JMJ, tanto em número de peregrinos como em questão de civilidade. “A cidade foi invadida por uma onda do bem. Nós vamos ter aqui um público muito maior do que imaginamos”, enfatizou.

Segundo Paes, é como se o Rio tivesse promovido várias festas de Réveillon desde segunda-feira com a jornada, além disso ele também destacou que os cariocas estão apaixonados pelo Papa. “O carioca não está se contentando em ver o Papa apenas uma vez, ele quer vê-lo duas, três vezes. Eu mesmo quero ver o Papa todos os dias!”, disse o prefeito.

 

“O público da jornada é muito diferente, muito educado. Só para se ter uma ideia, a quantidade de lixo recolhida em um dia de Réveillon é de 300 toneladas; na jornada recolhemos 47 toneladas, mas juntando todos os dias. Sem dizer que este povo não atravessa fora da faixa de segurança, ou seja, é um povo diferente”, ressaltou Paes.

Questionado sobre a capacidade do Rio de sediar eventos desse porte, já prevendo a Copa de 2014 e as Olimpíadas em 2016, o prefeito da cidade-sede da JMJ declarou que são eventos diferentes e que tudo isso será estudado. Um outro questionamento feito ao prefeito é como será a invasão de 3 milhões de pessoas na cidade do Rio, ao que ele respondeu: “Vai ser difícil, haverá transtornos porque não é fácil você tirar 3 milhões de pessoas de um bairro, para isso a população vai precisar de compreensão”.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo