Encontro com os jovens

Jesus se une aos que perderam a fé na Igreja, diz Papa na Via-sacra

Papa Francisco falou a uma multidão de peregrinos durante a Via-sacra, em Copacabana

André Alves
Da redação

“[Na cruz] Jesus se une a tantos jovens que perderam a confiança nas instituições políticas, por verem egoísmo e corrupção, ou que perderam a fé na Igreja, e até mesmo em Deus, pela incoerência de cristãos e de ministros do Evangelho”. Estas foram as Palavras do Papa Francisco, em seu discurso aos jovens, durante a Via-sacra na praia da Copacabana, nesta sexta-feira, 26.

Via Sacra_palco_JMJ

Papa Francisco chega ao palco central de Copacabana. (FOTO: Edi Alves)

Segundo o Pontífice, ninguém pode tocar a cruz de Jesus sem deixar nela suas “marcas” ou ser “marcado” por ela. Para Francisco, Jesus atravessa com a cruz os caminhos do homem, ajudando-o a carregar seus medos, problemas, sofrimentos, “mesmo os mais profundos”. “Com a cruz, Jesus se une ao silêncio das vítimas da violência, que já não podem clamar, sobretudo os inocentes e indefesos”, disse o Papa.

Acesse:
:: Íntegra do discurso do Papa Francisco na Via-Sacra

O Santo Padre também perguntou aos jovens sobre o que a cruz deixa em cada pessoa. Como resposta, o Papa disse: “deixa um bem que ninguém mais pode nos dar: a certeza do amor inabalável de Deus por nós”.

Concluindo, o Pontífice convidou os jovens a levarem à cruz de Cristo suas alegrias, seus sofrimentos e fracassos. Segundo o Santo Padre, quem leva estas realidades a Jesus encontrará sempre um Coração aberto e acolhedor.

“Queridos jovens, levemos as nossas alegrias, os nossos sofrimentos, os nossos fracassos para a cruz de Cristo; encontraremos um Coração aberto que nos compreende, perdoa, ama e pede para levar este mesmo amor para a nossa vida, para amar cada irmão e irmã com este mesmo amor. Assim seja!”.

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo