Missa de Envio

'Jesus Cristo conta com vocês!', recordou Papa Francisco aos jovens

Alessandra Borges
Da redação

Neste último dia da JMJ Rio 2013, cerca de 3 milhões de peregrinos participam da Santa Missa de encerramento, também chamada de “Missa de Envio”, quando o Papa Francisco anunciará o local da próxima Jornada Mundial da Juventude.

Depois de uma semana de peregrinação e der ter enfrentado chuva e frio, sobretudo nesta madrugada, na Praia de Copacabana, o coração dos jovens peregrinos é aquecido mais uma vez pelas palavras doces e carinhosas do Papa Francisco durante a Celebração Eucarística. O Pontífice iniciou sua reflexão exortando os jovens de todos os continentes a seguirem a proposta da JMJ Rio 2013: “Ide e fazei discípulos entre todas as nações”.

Juventude presente na Missa de Envio, na Praia de Copacabana. Foto: Ed Alves

Juventude presente na Missa de Envio, na Praia de Copacabana, com Papa Francisco. Foto: Ed Alves

:: Veja todas as fotos da JMJ

“Foi bom participar desta Jornada Mundial da Juventude, vivenciar a fé junto com jovens vindos dos quatro cantos da Terra, mas agora você deve ir e transmitir esta experiência aos demais». Jesus o chama a ser um discípulo em missão! Hoje, à luz da Palavra de Deus que acabamos de ouvir, o que nos diz o Senhor? Três palavras: Ide, sem medo, para servir”, ressaltou o Santo Padre.

Assim como o Senhor nos confiou, é necessário que partilhemos a experiência de fé, testemunhando a fé e anunciando o Evangelho a toda a Igreja. Para anunciar a Palavra de Deus não existem fronteiras nem limites, pois o Evangelho é para todas as pessoas sem distinções. Portanto, precisamos ir ao encontro das pessoas para que sintam o calor da sua misericórdia e do seu amor.

“Este continente recebeu o anúncio do Evangelho, que marcou o seu caminho e produziu muitos frutos. Agora este anúncio é confiado também a vocês, para que ressoe com uma força renovada. A Igreja precisa de vocês, do entusiasmo, da criatividade e da alegria que os caracterizam! Um grande apóstolo do Brasil, o bem-aventurado José de Anchieta, partiu em missão quando tinha apenas dezenove anos! Sabem qual é o melhor instrumento para evangelizar os jovens? Outro jovem! Este é o caminho a ser percorrido!”, recordou o Papa aos jovens.

O Pontífice ressaltou, em sua reflexão, que os jovens não podem ter medo de anunciar a Palavra de Deus, mesmo que o receio de não se sentirem preparados para esta missão seja mais forte. “Precisamos ser como Jeremias (cf. Jr 1,8) que, mesmo não se sentido preparado, escutou as palavras do Senhor e seguiu a sua missão evangelizadora.

Quando vamos anunciar Cristo, Ele mesmo vai à nossa frente e nos guia. Ao enviar os seus discípulos em missão, Jesus prometeu: ‘Eu estou com vocês todos os dias’ (Mt 28,20). E isso é verdade também para nós! Jesus não nos deixa sozinhos. Nunca os deixa sozinhos! Sempre acompanha vocês!”, animou o Pontífice.

“A juventude precisa sentir a companhia de toda a Igreja e também dos santos em missão. Portanto, quando enfrentamos juntos os desafios, somos mais fortes e descobrimos uma coragem e recursos que, muitas vezes, não imaginávamos que tínhamos”. O Papa Francisco pediu aos sacerdotes que continuem acompanhando esta juventude com generosidade e alegria, para que esses jovens possam se comprometer ativamente com a Igreja.

“Queridos jovens, regressando às suas casas, não tenham medo de ser generosos com Cristo, de testemunhar o seu Evangelho!”, pediu o Santo Padre.

O Papa Francisco concluiu suas palavras reforçando aos jovens presentes na Praia de Copacabana, e a todos os outros que acompanham a Missa de Envio pelos meios de comunicação, que levar o Evangelho às pessoas é levar a força de Deus a todos os lugares.

“Jesus Cristo conta com vocês! A Igreja conta com vocês! O Papa conta com vocês! Que Maria, Mãe de Jesus e nossa Mãe, os acompanhe sempre com a sua ternura: ‘Ide e fazei discípulos entre todas as nações’”, recordou o Sucessor de Pedro.

:. Leia, na íntegra, a homilia do Papa Francisco na Missa de Envio

Palavras de agradecimento de Dom Orani João Tempesta – O início da Santa Missa foi marcado pelas palavras do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, que agradeceu ao Pontífice a sua visita e destacou que, mesmo com a chuva e frio, o Santo Padre acolheu e saudou todos os peregrinos por onde ele passou de papamóvel. Ao encerrar sua mensagem, o arcebispo salientou que a verdadeira jornada começa hoje com o retorno de todos para casa, pois é preciso que realmente os jovens sigam este ensinamento: ”’Ide e fazei discípulos entre todas as nações’.

Nós também vamos com vocês, iremos com vocês às ruas, às periferias e aos excluídos. Já estamos com saudades! ‘Saudade’ que é uma palavra difícil de traduzir”, lembrou Dom Orani.

O prelado ressaltou que, para sempre, ficará gravada na lembrança destes jovens a presença do Pai e Pastor, pois é o primeiro retorno de Sua Santidade à América Latina e agora como o primeiro Papa latino-americano da história. “Vossa santidade nos confirmou, à luz da fé, em nossa caminhada de Igreja”, afirmou o arcebispo.

Após encerrar sua mensagem de agradecimento ao Sumo Pontífice, o Arcebispo do Rio de Janeiro se dirigiu, emocionado, ao Papa Francisco, o abraçou afetuosamente e lhe entregou uma lembrança.

Agradecimento do Presidente do Pontifício Conselho para os Leigos, Dom Stanislaw Rilko –  Ao final da Santa Missa o cardeal polonês agradeceu ao Papa Francisco por todo o trabalho realizado durante a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), realizada no Brasil, pois foram dias de muita oração e silêncio com jovens de nacionalidades e culturas diferentes. Dom Stanislaw recordou do bispo emérito de Roma, Bento XVI, que escolheu o Brasil para sediar esta edição da JMJ e agradeceu ao Papa Francisco por ter assumido este compromisso de acompanhar os jovens neste encontro missionário.

“Estes jovens descobriram no Papa um pai afetuoso e um amigo. Encontraram muitas respostas sobre seus questionamentos. E que esses jovens não tenham medo de ir contra a corrente”, enfatizou o cardeal polonês.

Ao fim desta jornada os jovens têm uma grande missão de irem ao mundo para serem discípulos e missionários.”

:. Confira todas as notícias da JMJ Rio 2013

Comentários O seu comentário será aprovado automaticamente, portanto evite nomes e testemunhos muito explícitos, pois o seu comentário pode ser visto por pessoas conhecidas.

↑ topo